segunda-feira, 10 de Agosto de 2009

O Labirinto Perdido - Kate Mosse


Em Julho de 1209: em Carcassone, uma rapariga de dezassete anos recebe do pai um livro misterioso que ele afirma conter o segredo do verdadeiro Graal. Embora Alaïs não consiga perceber as palavras e os estranhos símbolos no seu interior, sabe que o seu destino é protegê-lo. Será necessário sacrifício e fé para manter em segurança o segredo do labirinto - um segredo que remonta a milhares de anos e tem origem nos desertos do Antigo Egipto...

Em Julho de 2005: Alice Tanner descobre dois esqueletos durante uma escavação arqueológica nas montanhas perto de Carcassonne. No interior da sepultura onde se encontram os ossos, ela pressente uma avassaladora sensação de malevolência e constata assustada que, por mais impossível que pareça, é capaz de compreender as misteriosas palavras antigas que estão gravadas na rocha. Alice apercebe- se demasiado tarde que desencadeou uma assustadora sequência de acontecimentos que é incapaz de controlar e que o seu destino se encontra inexplicavelmente ligado ao dos cátaros, oitocentos anos antes.
_______________________________________________________________

O livro desenvolve-se em duas épocas paralelas: no inicio do Séc. XIII e o presente, sendo que são duas mulheres as protagonistas da história: Alaïs e Alice, tendo como pano de fundo o mistério do Santo Graal.
Durante a época medieval tomamos conhecimentos sobre os Cátaros, como viviam e como começaram a ser perseguidos como hereges, com destaque também para os jogos políticos da época. Durante a época actual temos um conjunto de acção e suspense, com base do que se passou no passado que não deixam o livro torna-se maçudo. E Tanto Alaïs como Alice são duas personagens interessantes e com bastante carácter.
Apesar do livro ter cerca de 670 páginas, tem uma escrita agradável e que nos leva a querer ler mais e mais até descobrirmos o segredo que une o passado com o presente. É sem dúvida um boa leitura =)

1 comentário:

  1. Comprei este livro numa promoção, e ainda não tive oportunidade de pegar nele... mas espero fazê-lo até ao final do ano! =)

    ResponderEliminar