domingo, 8 de março de 2015

O Príncipe do Parnaso: Carlos Ruiz Záfon

O Príncipe do ParnasoO Príncipe do Parnaso by Carlos Ruiz Zafón
My rating: 5 of 5 stars

Antes de mais quero agradecer, uma vez mais, a simpatia de R.B por me ter possibilitado a leitura deste conto maravilhoso.

Este é um pequeno conto que fez parte de uma oferta especial na compra do "O Prisioneiro do Céu", sendo que não é um conto que se encontre à venda.
Na Barcelona dos séculos XVI e XVII, Zafón cruza Cervantes com Antoni Sempere, acabando-se por tornar amigos. Como já nos habitou, Zafón continua com a sua escrita deliciosa, numa história de paixão, mistério e livros.
No anseio de te tornar conhecido, Cervantes faz um pacto com um misterioso desconhecido, nada mais nada menos do que Andreas Corelli , que lhe promete que irá escrever um livro que lhe dará um enorme reconhecimento, mas só depois de perder o que mais ama.
Ficamos então a conhecer a inspiração para o livro "Dom Quixote de la Mancha", como também como Cervantes conheceu Sancho.
Tal como já referi, é um pequeno conto, que se lê num ápice, e apesar de não ser tão rico em descrições misteriosas e mais sombrias, conseguimos encontrar os aspectos familiares da escrita Zafón.

Mais ainda, ficamos a conhecer o início do Cemitério dos Livros Esquecidos =)


4 comentários:

  1. Olá Tita!

    Descobri este conto há pouco tempo, mas não sabia que já tinha tradução em português... Tenho que descobrir onde o arranjo :)

    beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá S Pineli,
      Eu também só há relativamente pouco tempo é que descobri que havia este conto, mas é bem difícil de encontrar pois veio de oferta numa edição especial.
      Beijinhos

      Eliminar
  2. Não conhecia este conto, obrigada por dares a conhecer!

    ResponderEliminar