quarta-feira, 20 de janeiro de 2010

Mar de Ferro - George Martin


Quando Euron Greyjoy consegue ser escolhido como rei das Ilhas de Ferro não são só as ilhas que tremem. O Olho de Corvo tem o objectivo declarado de conquistar Westeros. E o seu povo parece acreditar nele. Mas será ele capaz?
Em Porto Real, Cersei enreda-se cada vez mais nas teias da corte. Desprovida do apoio da família, e rodeada por um conselho que ela própria considera incapaz, é ainda confrontada com a presença ameaçadora de uma nova corrente militante da Fé. Como se desenvencilhará de um tal enredo?
A guerra está prestes a terminar mas as terras fluviais continuam assoladas por bandos de salteadores. Apesar da morte do Jovem Lobo, Correrrio ainda resiste ao poderio dos Lannister, e Jaime parte para conquistar o baluarte dos Tully. O mesmo Jaime que jurara solenemente a Catelyn Stark não voltar a pegar em armas contra os Tully ou os Stark. Mas todos sabem que o Regicida é um homem sem honra. Ou não será bem assim?
_____________________________________________________________________

Na sequência de "O Festim dos Corvos", continuamos com o ponto de situação do estado em que as coisas ficaram após a guerra. No entanto, comparando com o livro anterior (em português), tem mais acção e a história torna-se mais interessante, com situações de nos "cortar" a respiração.
A escrita de Martin é única, pois consegue ser totalmente imprevisível com os destinos que dá às personagens, e mostrar-nos o outro lado da situação (apesar de haver personagens que se continua a odiar eheheheh).
Apesar de algumas das personagens que mais gosto, continuarem sem POV's, o livro foi muito interessante. Muita acção e com muitos desenrolamentos na história. Os capítulos de Jaime continuam a ser muito bons, e mostram-nos uma outra perspectiva da personagem. Cersei, é sem dúvida "ruim como as cobras", mas afinal de contas não é tão inteligente como se julga (bem feita eheheh). Os de Arya e Brienne, voltam a tornar-se mais interessantes, pois, na minha opinião, tinham começado a perder o interesse, mas nos últimos capítulos dedicados a estas personagens, deixam-nos um gostinho amargo por não sabermos o que vai acontecer.

Sem comentários:

Publicar um comentário