segunda-feira, 15 de agosto de 2011

Harry Potter e a Pedra Filosofal


Quando naquela cinzenta manhã de terça-feira o Sr.Dursley deparou, ao sair de casa, com uma gata malhada que estudava atentamente um mapa, mal poderia imaginar todos os acontecimentos estranhos e misteriosos que se estavam a preparar. Mas, quando dez anos mais tarde, enigmáticas cartas endereçadas a Harry Potter, o sobrinho desprezado dos Dursleys, começam a chegar em catadupa lá a casa é como se um raio atravessasse as suas mentes - o segredo que tão bem tinham guardado durante tanto tempo está prestes a ser revelado. O que poderá acontecer se Harry Potter descobrir que é um feiticeiro?
Esta é uma história mágica, recheada de fantasia e encantamento, de aventuras misteriosas e perigos arrepiantes, de criaturas sobrenaturais e de surpresas divertidas, que está a enfeitiçar as crianças... e também a gente mais adulta, um pouco por todo o mundo.  
 _______________________________________________

Depois de ter visto a última parte do último filme do Harry Potter surgiu a oportunidade de fazer uma releitura conjunta.
Já devem ter passado 10 ou 11 anos desde que li o livro, pois quando fui ao cinema ver o primeiro filme já tinha lido, pelo menos os três primeiros volumes.
Foi com bastante agrado que voltei a entrar no mundo de Harry Potter, um jovem que descobre que é um feiticeiro e vai estudar para a escola de Hogwarts. Na escola, enquanto vive uma série de aventuras, faz pela primeira vez, os seus amigos.
O único ponto menos positivo é a tradução, algo que quando li a primeira vez não reparei, mas agora senti que havia partes mal traduzidas. Fica a vontade de voltar a ler a série no original.


Sem comentários:

Publicar um comentário