quinta-feira, 14 de junho de 2012

The Iron Duke - Meljean Brook


Este foi o primeiro livro de literatura que li em inglês, bem como o primeiro de steampunk.

A acção decorre num mundo alternativo, numa época vitoriana em que a tecnologia a vapor está muito desenvolvida, com carros, barcos e aviões a vapor. Este mundo é cheio de detalhes próprios como uma Europa com zombies e uma Inglaterra com pessoas com partes do corpo com próteses mecânicas e infectados com "nanoagentes", que antes da Horde controlavam as acções e emoções das pessoas.
A personagem feminina principal é Mina, uma inspectora da Scotland Yard em Londres que inicia o livro a investigar um corpo que foi largado em casa do Iron Duke. Digamos que com um início destes, o livro agarra-nos logo, afinal de contas não é todos os dias que um livro começa com um assassinato destes e numa realidade tão peculiar.

Adorei Mina, pois é muito inteligente e uma excelente inspectora. e apesar de ser alvo que vários ataques, é amada pela sua família.
No que diz respeito ao Iron Duke, no início não gostei muito dele, pois dá ideia que o seu único objectivo é possuir Mina. Mas com o avançar da história, a sua natureza de pirata e aventureiro revela-se.
Tem também cenas com sexo, muito mas muito escaldantes e pormenorizadas.

A pontuação que dei ao livro, prende-se com o facto de não estar não habituada a ler um inglês, levou-me a avançar mais devagar na leitura e quase de certeza que me escaparam alguns detalhes da história. Bem como, o período que atravesso não me "puxam" tanto a ler.
No entanto, gostei muito da história e quando estiver mais familiarizada a ler em inglês (pois acho que é uma questão de hábito), conto reler o livro.

Sem comentários:

Publicar um comentário