quarta-feira, 10 de junho de 2015

Proibido: António Costa Santos

Proibido

Título: Proibido
Autor: António Costa Santos
Editora: Guerra e Paz Editores
Classificação: 4 Estrelas

Quem me falou neste livro, pela primeira vez, foi a minha mãe, mas nunca o encontrei à venda e entretanto esgotou.

Este livro, de não-ficção, descreve-nos algumas das proibições do Estado Novo, mas sempre com humor e ironia, já que a maioria (se não mesmo todas) das proibições são praticamente absurdas. Mesmo que algumas das proibições são fossem legalmente proibidas, mas sim porque "parecia mal".
Foi uma leitura rápida mas bastante interessante pois não tinha noção da maioria das proibições e que acabam por ser bem estranhas, para quem, tal como eu, nasceu já depois do 25 de Abril de 1974.

Quero ainda falar um pouco sobre a qualidade desta nova edição. Temos logo o impacto da capa que, para mim, é bastante bonita e chamativa. Depois, no interior, vamos tendo várias fotos da época, bem como fotos de anúncios, o que torna o livro ainda mais interessante.


Só mudaria um ponto. Algumas das páginas estão com um fundo cinzento mais escuro e senti alguma dificuldade a ler (principalmente quando li antes de me deitar) e julgo que ou uma letra branca ou um fundo mais claro, teria sido mais "agradável" para a vista

Foi uma leitura que achei bastante interessante, num tom mais leve e que recomendo para quem quiser saber um pouco mais sobre algumas das proibições estapafúrdias do Estado Novo

Sem comentários:

Publicar um comentário