terça-feira, 20 de setembro de 2016

Quem me Dera ser Onda: Manuel Rui

Quem me dera ser onda
Título: Quem me Dera ser Onda
Autor: Manuel Rui
Editora: Guerra & Paz
Classificação: 5 Estrelas

Ficha do Goodreads aqui

Num prédio onde é proibido ter animais, o pai Diogo leva um leitão vivo para o seu apartamento no sétimo andar, com o objectivo de o engordar até ao Carnaval, para depois o matar.
No entanto, os dois filhos, Zeca e Ruca, afeiçoam-se ao porco e começam a fazer planos para evitar a morte do Carnaval da Vitória (nome do porco).
Este é um pequeno mas grande livro.
Uma história aparentemente simples e até infantil, com cenas bem divertidas mas que nos desvenda muito.
Um livro cheio de metáforas que representam as várias classes e os problemas sociais e políticos, tudo apresentado numa linguagem simples mas típica angolana, valendo-nos as várias notas de rodapé. A forma magistral como cada personagem representa ideais diferentes e que caracterizam a sociedade angolana.
O amor desinteressado das crianças. A ingenuidade. A liberdade...
Não vou desvendar mais nada do livro mas que vos peço que lhe dêem uma oportunidade.
Um livro que, assim que o terminei, tive vontade de o voltar a ler.


Nota: Este livro foi-me disponibilizado pela editora, em troca de uma opinião honesta.

Sem comentários:

Publicar um comentário