quarta-feira, 17 de junho de 2020

[Opinião] Padeira de Aljubarrota de Maria João Lopo de Carvalho


Padeira de Aljubarrota

Título: Padeira de Aljubarrota
Autor: Maria João Lopo de Carvalho
Editora: Oficina do Livro
Classificação: 3 Estrelas


Ficha do Goodreads aqui
Comprar na WOOK | BERTRAND (links de afiliado)

Começo por dizer que tinha muitas expectativas com este livro que, infelizmente, julgo que acabaram por prejudicar a minha leitura. 
A narrativa vai alternando entre a história de Brites de Almeida, e na corte de D. Fernando e D. Leonor Teles mas, focando-se em D. Beatriz de Portugal, o que, para mim, foi um ponto positivo. 
Tinha muito interesse na história de Brites no entanto achei que a construção não favoreceu a minha opinião pois é associada à lenda da Dama Pé de Cabra, conferindo-lhe a alcunha de bruxa, e os acontecimentos que Brites passa, achei-os algo repetitivos. 
Também não me agradou a lenda que, em vários momentos, era contada a Brites, sempre dispersa ao longo da história e contada por partes. Não resultou comigo e só serviu para me sentir ainda mais confusa. Também o facto de ser contada como de "sobrenatural" contribuiu ainda mais para me baralhar. 
Senti mesmo que as partes de Brites eram muito extensas e aborrecidas. 
A escrita é muito boa, com o cuidado de adaptar a linguagem à época e com uma excelente contextualização histórica. 
Quanto ao final, achei-o algo apressado já que temos a batalha protagonizada por D. Nuno Álvares Pereira e a própria cena da Padeira, demasiado "despachada" num capítulo, capítulos esses que são relativamente curtos. 
Um outro aspecto que senti que faltava foi a indicação da data de cada capítulo pois notei que várias vezes tínhamos saltos temporais entre capítulos e nem sempre perceptíveis logo de início. 
Vale pelas referências históricas e, principalmente, pelos capítulos passados na corte.


Livro lido para o meu projecto #Lusiteratura

Sem comentários:

Publicar um comentário